fernanda ch
Sou desastrada, não tenho o corpo perfeito, me esqueço das coisas rápido, gosto muito rápido das pessoas, meu cabelo é bagunçado, sempre fico chateada quando falam mal de mim, mas tento ser forte. Às vezes sou antagônica, mas uma coisa que eu nunca vou conseguir ser, é ser normal.
Kristen Stewart.  (via inverbos)
50 postagens!

50 postagens!

"A felicidade é provisória. É um clarão. Um relance. Um lampejo. Dira o suficiente para virar uma lembrança. Assim que some temos que sair atrás dela de novo."

"Eu estou apaixonado por você e não quero me negar o simples prazer de compartilhar algo verdadeiro. Eu estou apaixonado por você, e sei que o amor é um grito no vácuo, e que o esquecimento é inevitável, e que estamos, todos nós, condenandos ao fim, e que haverá um dia em que tudo que fizemos voltará ao pó, e sei que o Sol vai engolir a única Terra para chamar de nossa, e eu estou apaixonado por você"

- A culpa é das estrelas

Passei a maior parte da minha vida tentando não chorar na frente das pessoas que me amavam. Você trinca os dentes. Você olha para cima. Você diz a si mesmo que se eles o virem chorando, aquilo vai magoá-los, e você não vai ser nada mais que Uma Tristeza na vida deles. Você não deve se transformar numa mera tristeza, então não vai chorar, e você diz tudo isso para si mesmo enquanto olha para o teto. Aí engole em seco, mesmo que sua garganta não queira, olha para a pessoa que ama você e sorri.
A Culpa é das Estrelas.    (via enoitecer)
Que me perdoem os que não sabem e os que não conseguem amar, mas amor é fundamental. Que me perdoem os depressivos e infelizes com a vida, mas viver, na base da felicidade, é digno de mérito. Que me perdoem os desumanos, mas compaixão é essencial. Que me perdoem os que alcançaram fortunas, mas humildade é essencial. Que me perdoem os dramáticos, mas a dor é consequência de se viver. Não aguenta? Se mata de uma vez, afinal, a vida não perdoa ninguém. Que me perdoem os viciados, mas um pouco de sanidade às vezes cai muito bem. Que me perdoem os românticos, mas doce exacerbado enjoa. Que me perdoem os sozinhos, mas ter par pra dança é necessário de vez em quando. Que me perdoem os escritores de fachada, mas criatividade é a alma do texto. Que me perdoem os políticos, mas honestidade é preciso em um país tão desonesto e desigual. Que me perdoem a loucura, mas a falta de sensatez, em um dia pelo menos, é normal. Que me perdoem a loucura por amar e pelo certo, mas a realidade tem que ser batida e rebatida. Que me perdoem os preconceituosos, mas o mundo não tem só seu estilo. E nunca vai ter. Que me perdoem os hipócritas, mas que não deixem de se danar. Que me perdoem os que não sabem respeitar, mas respeito é bom e aposto que você também gosta. Que me perdoem a exagerada mania de querer fazer o mundo o lugar melhor, mas que não excluam a tentativa falhada de minha parte. Tentei. Tentamos. Que me perdoem as burradas, esbarradas e escorregões que dei por toda a minha vida, mas me permitam o direito a expressão: menos ter, mais ser. Que perdoem a mania de querer mil e um corações dados de bom grado a mim, mas é inevitável não querer tanto afago na vida. A vida é escura, sem carinho não tem luz, sem amor não tem vida e sem perdões não há reconciliações. Não estou dizendo para perdoar quem matou sua mãe, ou perdoar uma traição depois de anos de namoro ou casamento. Estou falando em perdoar, não em aceitar e tornar isso amor ou ódio. Que me perdoem os que não entenderam e os que não entenderão a mensagem que quero passar. Que me perdoem o texto, mas que não se perdoem por não amarem.
Alugue Felicidade.  (via atuar)
‎Sou direto. Frio. Seco. E nada disso é novidade pra ninguém. É só o meu jeito.
Tati Bernardi.   (via enoitecer)